15 de dezembro de 2005

A última carta ao Pai Natal

(Prometo mesmo que é a última!
Se continuar sem tempo para escrever faço um intervalo nisto!
Divirtam-se que eu não tenho tempo!)


"Querido Pai Natal:
Eu queria mesmo, mesmo, mesmo, mesmo um cachorrinho este ano.
Vá lá, vá lá, vá lá... vá lá...
António"

"Querido António:
Essa trampa de pedinchice talvez resulte com os teus pais, mas aqui não.
Vais receber um pullover de novo.

Pai Natal"

8 comentários:

Betty Branco Martins disse...

Pode ser que o "Pai Natal" leia a tua carta, mas como deves imaginar ele anda muito ocupado!!!


QUERO DESEJAR

UMAS FESTAS FELIZES

COM MUITO AMOR, SAÚDE E MUITA PAZ

Beijos c/amizade

Rosarinho, a menina do caixa disse...

Mánada!

Grilinha disse...

eheheh ... pensei escrever ao Pai Natal mas depois de ler as respostas dele achei por bem ficar por aqui mesmo. heheheh

Eu disse...

um pullover com um cachorrinho! coitadinho do menino

Freddy disse...

Duvido q ele realizer tudo...

Saudades da Zona Franca que hoje faz 2 anos...Parabéns a nós!!!

Mocho Falante disse...

ora toma e embrulha para não estares sempre a pedir.... lololol

desconfio que este Pai Natal pertence à história do antigo testamento

Beijocas natalicias

Ps: Por favor que esta não seja a última pois divertem-me à ganancia

Célia disse...

Eu já ia pouco com a cara dakele venho gordo vestido com as cores da minha faculdade... mas agora que li estas cartas fiquei mesmo a odiá-lo... como é que se pode ser tão peste?! =/

AnaCristina disse...

Querido Pai Natal...
Por seres tão mau para estes meninos, já não vais ter direito às bolachinhas e ao copo de leite que deixo junto à chaminé...

Beijinhos
AnaCristina