21 de dezembro de 2005

Uma (triste) história de Natal

Não disse a ninguém que estava grávida.
Na madrugada de sábado preparava-se para ter o bebé completamente sozinha mas as coisas correram mal e teve de pedir socorro ao filho.
O filho tem 9 anos.
Este foi chamar a vizinha da frente que chamou os bombeiros.
Quando chegaram a "casa" deles o pessoal paramédico ficou estarrecido: no meio da imundice, onde não havia um único local limpo, roupas e louças sujas tudo à mistura, uma mulher a esvair-se em sangue, um bebé recém nascido, um aterrorizado garoto de 9 anos e ainda uma outra menina de 4 anos.
O cenário era de tal ordem que nem houve hesitações: levaram-nos a todos para o hospital...

Na segunda-feira lá na aldeia não se falava noutra coisa, dizia-se que as crianças iam ficar à guarda da Segurança Social, pelo menos até se tentar resolver a situação daquela casa e daquela família.

Na terça-feira, logo de manhã, aparece-me o R. na escola para "levar as avaliações que a mãe não podia vir" - e trazia um bilhete da mãe a confirmar.
Acabou por ficar por lá toda a manhã, sentado ao pé de mim como costuma fazer sempre que acaba os trabalhos.
Perguntei-lhe então onde estavam a mãe, a menina e a bebé.
"Estamos todos em casa, menos a bebé que ficou no hospital para dar."
"Em casa? E quem vai fazer o almoço para vocês, limpar a casa, tratar das coisas?"
"Eu"

Antes de ir embora escreveu num papel "Feliz Natal professora" e lá dentro embrulhou uma pedrinhas coloridas e um búzio...

Qualquer semelhança com a história daquele outro bebé que nasceu numa manjedoura há dois mil e tal anos, mais ou menos por esta altura, é mera coincidência: esse tinha o carinho duma mãe e dum pai...

17 comentários:

aflores disse...

Acho que este ano, (nesta quadra) andas numa de contradição :( ou melhor, andas com "altos e baixos". Ó rapariga, vê se te animas mais um pouco...para eu não ficar "telhudo" também. (já cheira a rabanadas?)

Dilbert disse...

Oi Saltapocinhas,
Vim aqui deleitar-me com as novidades do teu Bloguinho e encontro aqui esta história tão antiga e tão actual...
Embora este Post seja um pouco triste (embora espelho de muita realidade) espero que, no seu todo, 2005 tenha sido positivo para ti. Eu, nestes últimos meses de 2005 tem sido uma desgraça em matéria de tempo em geral e para a net em particular :(
Espero que o Pai Natal me ponha no sapatinho mais tempo para 2006...
Aproveito para te deixar aqui os meus votos sentidos de um Feliz e Santo Natal extensivos a todos os que te são queridos.
Complemento ainda com desejos de um 2006 repleto de sucessos pessoais e profissionais.
Beijokas Natalícias

Eu disse...

Volto depois do Natal - porque até lá quero continuar alegre.
Espero que as tuas festas justifiquem o significado, e que te aconteça algo que mostre que a vida ainda tem mais coisas boas que más

(mesmo na tristeza o blogue é um "must")

Bom (mesmo Bom) Natal

angelis disse...

Esta é a triste realidade, a outra face da moeda deste triste país. Fiquei sem palavras :(
De qualquer maneira, deixo aqui os meus votos de Bom Natal e Bom Ano Novo. Beijinhos

Didas disse...

Às vezes fazes-me rir... às vezes fazes-me chorar.

...
...

Feliz natal...

PN disse...

Estas histórias, infelizmente, proliferam por aí. Talvez seja por isso que tantas vezes as lágrimas se abeirem dos meus olhos nesta época e olhe para esta correria consumista infernal em que se tornou o Natal com um olhar contraditório. Pena que não haja realmente um Pai Natal com poderes mágicos para transformar a vida destes meninos...

pekala disse...

eu fiquei sem nada pra dizer...

Grilinha disse...

Saltapocinhas desculpa escrever o que parece lamechice mas foi mais forte que eu e antes de terminar o texto já não conseguia ler nada por ter os olhos rasos de lágrimas e a bailarem nos óculos. Já escrevi por aqui e noutros blogs que o meu sonho era ter sido professora primária. Ainda hoje fico fula comigo mesma por não ter seguido o meu sonho. Como eu queria estar ali a poder dar carinho e colo a quem precisa e que me fazia bem a mim. Um beijinho para o menino e outro para ti.

Cristina disse...

Obrigada por teres feito parte do MEU MUNDO.
os meus votos sinceros de um Feliz Natal para ti e para
os que te são mais queridos.

Beijinhu gande
:)
P.s.
Obrigada pelo teu email lindo, adorei
:)

aflores disse...

Feliz Natal e Próspero Ano Novo, são os meus sinceros votos.

AnaCristina disse...

Pronto, já chorei logo de manhã...

Conheço uma situação em tudo semelhante e dói muito ver...

E acho que nesta época natalícia é quando as coisas nos batem com mais força, a dura realidade dói mesmo muito.

Um beijinho (com lágrimas à mistura)

António disse...

Boa história.
Verdadeira, parece-me.
É a vida, nua e crua.
Mas há pior!
Estou a lembrar-me do que aconteceu recentemente não sei onde a uma menina de 50 dias, salvo erro.
Horripilante!

BOM NATAL para ti, Guidinha da Ria...eh eh

e Beijinhos

MRF disse...

É mesmo triste, mais que triste, como é que te aguentaste?

Dante disse...

...estou sem palavras.

se acreditasse em desejos, desejaria abraçar-te,R.

ml disse...

Magnífico post, amiga.
É importante dizerem-se estas coisas. Mesmo que o resultado seja pouco sempre se abalam as consciências, numa sociedade onde os ricos estão cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres...
Tomei a liberdade de chamar a atenção para este post, lá no meu estaminé.

al cardoso disse...

Os homens tambem choram, eu chorei com esta estoria tao triste e tao repetida,
bem hajas, e felizes festas para ti e todos os teus

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇