9 de julho de 2008

Malcriado!

Eu sou bem educada.
Mesmo quando me "salta a tampa", salta-me com alguma educação.
E não suporto gente malcriada.
A educação é daquelas coisas para as quais não é preciso ser-se rico e não tem nada a ver com habilitações académicas.

Hoje, à hora de almoço tocou o telefone.
Apesar de ser um número confidencial, atendi.
Era um daqueles "dadores de prémios". Nem com estes sou malcriada: Digo educadamente qu enão estou interessada no fantástico prémio que acabei de ganhar e pronto, assunto resolvido.
Afinal, eles não fazem aquilo para se divertirem, fazem-no para ganhar a vida e eu tenho por hábito respeitar isso.

O de hoje, depois de falar ininterruptamente durante 1 ou 2 minutos, faz-me uma pergunta à qual eu tenho de responder certo para ganhar o prémio.
Quando, finalmente tive oprtunidade de falar, disse-lhe "mas o senhor não me perguntou sequer se eu estava interessada no prémio. E não estou.

Não é que a besta me desligou o telefone na cara, sem um "obrigada" ou "boa tarde" ou o que quer que fosse?
Fiquei pior que má!
Estúpido!!

4 comentários:

Emiele disse...

Olha que estava a pensar que fosse bem pior!!!!
Já tenho tido respostas de uma regateirice incrível.
Uma vez que não estava para dar muitas explicações, quando perguntaram se estavam a falar com a dona da casa, disse que não. Insistiram em falar com «ela». Disse-lhes que não estava. «Ah, não está?! E o que está a senhora aí a fazer???»
Tal e qual!
E tenho mais, que não dá para contar. Eu quando o número não está identificado já não atendo, mas mesmo com números 'normais' eles já atacam.

José António disse...

O problema foi teres ficado. Eu já consigo não ficar; sou até poisar o telefone.
O que me irrita é o método, pois quando era no porta a porta e as senhoras tocavam à campainha, ao domingo de manhã, bastava saltar da cama nuinho e abrir a porta de rompante. Agora com o telefone é um problema...

Shakti disse...

Infelizmente cada vez mais existem pessoas assim...não sabem sequer o que é educar ou educação ...por isso como conseguem aplica-la ?!?!

Bjs

ameixa seca disse...

Eu odeio esses telefonemas, compreendo que é uma forma de ganhar um salário. Mas eu não era capaz de trabalhar num call center... Para mim é tudo uma bela maneira de endrominar as pessoas.