19 de julho de 2008

Intervalo

(escusam de ficar deprimidos que não sou eu a despedir-me: trata-se de uma cantiga que ultimamente não me sai da cabeça e que eu acho linda!!)

6 comentários:

PN disse...

Também gosto

Emiele disse...

Que engraçado, é a segunda vez em dois dias que oiço a cantiga num blog, e a primeira vez foi no meu!!!!

Tinha escrito um post um tanto mal disposto, porque estava de mau humor, e chamei-lhe exactamente Intervalo. Sem saber da música.
O farpas ao comentar mandou-me um link para esta canção.
Ele há coisas....!

Shakti disse...

Somos duas...até já tenho o álbum deles....

E adivinha a música que tenho no meu blog...

bjs

José António disse...

É isso! Mesmo que te apareça algures um treinador inchado de teoria de bancada, não vás em futebóis. Provavelmente não leu os mesmos livros que tu, nem viu os mesmos filmes, nem sequer leu os mesmos jornais. Pode até ser um inculto destes materiais. Cuidado não te subestimes! Não me deixes ficar mal...

ameixa seca disse...

Olha eu desconhecia... ando ostracizada do mundo.
Ainda bem que fizeste um "intervalo". Desconheço a banda mas o Rui... não tem explicação o quanto gosto do homem.
Bom Domingo ;)

Santos Passos disse...

Muito boa, a música. Enquanto a escutas, presta atenção também nisto: a feijoada, cá no Brasil, tem por tradição ser servida com pedacinhos de laranja, couve picada e... batida de limão, ou seja, cachaça com suco de limão e açúcar. Ao invés, há quem prefira substituir a batida por caipirinha.
É meu caso. Mas, qualquer dia desses, experimento feijoada com um Dão tinto. Afinal, tuas sugestões sempre são boas.
Beijinhos.