Chocante!


Já uma colega me tinha contado e eu tinha ficado chocada, mas hoje voltou a dar o mesmo programe e fui eu que vi!
Num programa da SIC Mulher, o chef inglês Jamie Olivier descobriu que as crianças das cantinas lá da terra dele comiam mal e porcamente. Por isso resolveu tentar mudar-lhes a alimentação, indo cozinhar às cantinas das escolas.

Não vi do princípio, apanhei o programa exactamente numa das partes que a minha colega - chocadíssima - me tinha contado:
ele fez uma sanduíche com um ar delicioso e deu-a a um garoto para provar.
O garoto recusou e então ele ofereceu-lhe dinheiro... e mais dinheiro... e ainda mais dinheiro.
Imaginem que chegou aos 150 € e o garoto não provou!!!

Naquelas cantinas as crianças só comem fast food: hambúrgueres, pizzas, e uma espécie de "douradinhos" de frango!! O acompanhamento é sempre o mesmo: chips!

Nada de verde, nada de fruta! E nem devem saber que existe um alimento chamado sopa!
Incrível!
E as caras de nojo cada vez que o Jamie lhes pedia que provassem algo?
E não era peixe cozido! Era carne assada, frango assado, saladas, sanduíches!
Quando a cantina começou a funcionar co comida decente, havia miúdos, daqueles que ainda não têm idade para sair da escola, que davam dinheiro aos mais velhos para eles lhes trazerem comida da rua!
E lá vinham eles com aqueles embrulhos nojentos do "fish and chips"!!
E mais: (se estiverem de pé, sentem-se!)
havia pais que vinham dar hamburgueres aos filhos através do gradeamento da escola!!!!!!!!!

Mais incrível ainda: as cozinheiras acham tudo muito bem e também resistiram às mudanças. E elas mesmas também não comiam legumes.
Uma delas disse que era a primeira vez que estava a comer feijão (verde, creio eu!!).

Não sei como vai terminar a história (acho que o programa continua, mas não sei quando).
Só sei que o tal do Olivier tem muito trabalho para frente e, cá para nós que ele não vem ler isto, duvido que consiga mudar as mentalidades daquela gentinha tão ignorante!!

Comentários

pikenatonta disse…
Pois é, também fiquei chocada quando vi o programa há umas semanas atrás na SIC Mulher. Todos os dias só comiam fast-food... Já não me lembro bem como terminaram as coisas nessa escola, mas ele também foi cozinhar para crianças mais novas (primária talvez?) e lá conseguiu convencer as crianças a gostar de vegetais e fruta.

Isto realmente tem que se lhe diga... :/
Angel disse…
Já tinha ouvido falar disso, mas ainda ñ vi o programa... Dá a q horas mm? Esse Jamie Oliver é mt inovador p a idade dele e já vi um programa em q pessoas concorriam p dps tirarem um curso de culinária c ele. Claro q a juventude de hoje em dia está um pouco estragada - saem aos pais q parece q mais estúpidos e ignorantes são!!! Às xs dá-me uma raiva q parece q só lhes batendo c a cabeça na parede a ver se entrava algo de produtivo lá dentro!! Hehe
Geoca disse…
De facto, ele está a ter um trabalho notável em torno da alimentação escolar.
É só mais um trabalhito que ele tem, no meio de tantos.
http://www.jamieoliver.com/schooldinners.
E eu como amante de cozinha, já fiz algumas receitas dele e já conto com dois livros dele.
ameixa seca disse…
A culpa é dos "adultos". Por mim haviam de comer tanto disso e no fim rebentarem. Não tenho pena nenhuma. Cambada de imbecis... visse eles quanta gente tem dificuldades para comer um prato de sopa ou um pão por dia. Estas coisas revoltam-me. Eu não oferecia dinheiro nenhum... passava-lhes um certificado de burrice e desejava-lhes um dia de fome... para ver se não comiam fruta e vegetais.
Eu comi fish and chips e aquilo é tudo menos comida... só gordura. E não me alongo mais senão dava uma estaladona a esses "pais".
Saltapocinhas disse…
pikenatonta: só visto mesmo!

ó geoca se és apreciadora de cozinha tens de visitar a bruxinha, o meu blog de culinária!
não conheço o link (vou já espreitar) e também não tenho nenhum livro dele porque presumo que o rapaz não escreva em português!!

angel: hoje deu outra vez, é por volta das 22 na sic mulher. mas parece-me qu ehoje terminou. ele ia pedir ajuda ao primeiro ministro.

ameixa: é o que dá mesmo vontade, é dar uns bons safanões!
eu tb não oferecia dinheiro, bastava deixar a criancinha pasar fome umas horas!

e os pais, desses nem vou falar que me faz mal aos nervos!
Emiele disse…
Saltapocinhas, não vi o programa e se acabou já não dá para ver, mas vou ver se encontro referências. De qualquer modo vou transcrever este teu post para o Pópulo, que vem mesmo a jeito! Como ando a falar de algumas coisas destas, a alimentação é um tema muito importante.
Mas é claro que nessa história os meninos só chegaram a esse estado por culpa dos adultos.
E a gente ainda fala de cá...
Angel disse…
Saltapocinhas, já vi os livros de culinária do Jamie à venda no Continente, traduzidos :) Mas eram um pouco caros (rondavam os 20,00€).
Formiguinha disse…
Ipa!

Por acaso também vi esse programa e fiquei aterrada, principalmente porque, aparentemente, não há nada a fazer por causa dos orçamentos reduzidos... Onde é que isto vai parar!!!

Bêjos
bell disse…
Vi partes dos diferentes episódios. Terrível!
Mas conseguiu mudar alguma coisa. Lembro-me do menino que vomitou quando provou a comida dele a primeira vez e depois já comia tudo.
Gostei da terapia de choque: mostrar-lhes do que são feitos os nuggets que eles tanto adoram!
Didas disse…
Mas esses não são aqueles gajos que conduzem ao contrário?
Oh meu deus! Lembrei-me que vou lá nestas férias!
aflores disse…
Se estivesses à entrada da consulta "materno-infantil" que a minha mulher faz no posto de saúde (julgo eu que duas vezes por semana), para além de veres crianças (enquanto esperam pela sua vez) com chupa-chupas, pacotes de batats fritas, chocolates e outros produtos do género (logo pela manhã), ouvirias também se entrares na sala, a consulta a tornar-se muitas das vezes, em aula de culinária!!! Sim, ela (a médica) tem muitas das vezes, que ensinar como se faz uma sopa (!!!!)

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna