19 de março de 2009

Prisão perpétua, bem feita!

Como era de prever, aquele monstro foi condenado a prisão perpétua (e eu gostava que cá tivéssemos destas penas, ou então que, pelo menos, houvesse uma acumulação de penas. Já repararam que matar uma pessoa ou uma dúzia é igual perante a lei?)
Estranho neste caso, pelo menos para mim, foi o facto de ter sido o crime "menos mau" que o condenou. Apesar de ser horrível, o facto de um bebé recém-nascido ter morrido parece-me menos grave do que aquilo que ele fez à filha...

Agora para a pena ser ainda mais justa, ele devia ser preso numa masmorra onde não visse nem sentisse nem o sol nem outras pessoas.
E faço votos de que viva por muitos anos!

12 comentários:

José António disse...

A pena foi adequada. Ainda irá voltar a tribunal para ser julgado por mais quatro crimes. O caricato desta macabra história é que este monstrinho, apesar de ter violado, há muitos anos, tinha o cadastro limpo. E o importante é que os austríacos não perdem tempo e já estão a alterar a Lei de modo a que não seja possível limpar a folha a um violador.

Didas disse...

E deviam ter lá uma gajo matulão para lhe ir ao c... todos os dias! Certinho!

Saltapocinhas disse...

também me ocorreu isso, didas, mas não quis escrever... :)

Lucinda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucinda disse...

Há umas pessoas que querem os criminosos à solta e os não criminosos protegidos por grades. Se estas pessoas lêem este blogue, vocês vão presos.
Pois aquele ser provoca em mim um efeito que nem o esterco do gato é capaz de provocar: vómito.

Shakti disse...

Esse homem complica-me com o sistema nervoso...não consigo olhar para ele...

bj

Luís Maia disse...

Ouvi hoje na Tv que ele vai ficar na mesma prisão onde está o canibal de Viena, que pode talvez além de cumprir os desejos do Didas, comer-lhe também o resto

Saltapocinhas disse...

ahahah, Luís, foi o que me ocorreu quando ouvi a notícia!!

aflores disse...

Pronto, lá vou eu "levar nas orelhas outra vez"...para mim, a única sentença possível neste caso seria, é e será sempre a PENA DE MORTE. Mais nada!

Didas disse...

Ai sim? Sua mente perversa!!! Lol!

entremares disse...

Posso estar a ser sádico... - se for, paciência - mas gostava que o colocassem numa cela envidraçada, numa praça concorrida... para que todos pudessem passar, ver, cuspir no vidro e outras coisas que tais...

A prisão perpétua é uma mordomia, para um indivíduo destes...

Emiele disse...

Pois, dado a idade actual do homem, perpétua também não vai ser de muitos anos, mas é o que se pode.
Mas gostei da rapidez do processo (do ano passado para agora foi tudo organizado e o julgamento feito e o tipo condenado!...
Por outro lado, também concordo que ele devia ficar preso numa cela sem ver a luz do sol e sem ir a recreio e coisas dessas. Nem é exigir muito. (dado a minha claustrofobia, uma das coisas que me arrepiou imenso neste caso foi o ter enfiado a filha naquele bunker!!!)