O álbum erótico do avozinho

A pedido de várias famílias (foi só a Emiéle, que pediu, mas prontos...) e embora não querendo tirar clientela aos blogues que se dedicam ao erotismo, aqui vos deixo o Album Erótico do Avozinho!

Divirtam-se...
Para mudar de página é só clicar no cantinho!

Comentários

floreca disse…
Agora é que as visitas vão aumentar!!!

;-)
Hindy disse…
Engraçado.
Beijinhos :o)
AnaCristina disse…
A minha avó costuma dizer que no tempo dela não havia estas coisas... mas o que é facto é que há filhos perfilhados por um pai mas com cara de outro...

Sejamos sinceros, erotismo e pornografia houve sempre! E as fotos têm o seu quê de arte...
Beijo
aflores disse…
Fizeste o especial favor de me enviar por mail este (já velhinho) álbum erótico (estás mesmo a trabalhar para o aumento dos teus comentários e visitas) :):):):):) e tudo isto a seguir a um post relacionado com Divórcios :):):) isto vai...isto vai...Olha, não te canses muito, o pessoal está todo de férias. Beijinhos e bom fim de semana. PS.: E que tal aquela entrevista na SIC noticias com aquela professora de Português (como se chamava já não sei...)mas que chamou de ignorantes quem faz os livros de Português. :)))))))))))))) ehehehehehe
Zana disse…
Achei as fotos bem bonitas e o "manusear" do livro também é interessante, imagine, dá até pra arrancar as páginas!
:)
bjs e bom domingo!
Professorinha disse…
O livro está muito giro... Fartei-me de rasgar páginas...

:-)
vinte e dois disse…
Uma delicia :) E o mais divertido é que naquela época deviam ser fotos do mais erótico que havia... se vissem as revistas de hoje... ;)
Emiéle disse…
'Brigada!!!!
Só hoje é que aqui vim (tive o meu fim-de-semana, é claro!) e vi que tinha sido eleita a família o que não deixa de ser verdade.
Mas com sinceridade achei a ideia são bonita que era uma pena não a partilhares com a "tua malta" leitora aqui do Fábulas.
Eu adorei!
O certo é que cada época tem o seu erotismo, e se nos faz sorrir hoje o certo é que excitava bastante há 100 anos... e se calhar o que se pode ver hoje, é tão cru que podia nem ter efeito no "avozinho". O certo é que um pouco de fantasia só faz bem...
Leonoretta disse…
que inocencia!!!

mas está gira aquela coisa de virar a página. quanto´ao alemão (era alemão?) percebi tudo.

beijinhos da leonoreta
Anónimo disse…
Boa amiga, tenho-me deliciado a ver e rever o albúm, já quis comentar,
mas a isso não tenho direito, eu sei medidas de protecção e segurança
a isso conduzem, mas tudo bem, para o avôzinho, foi do melhor.
Obrigado.

Beijocas

--
Zé Manel
PN disse…
olha que até são bem marotas...
Didas disse…
O avôzinho assim não vai lá!
Didas disse…
E alemão aquilo não é! Lol!
josé disse…
Raposinha permite-me que pergunte à Didas. O avôsinho, não vai lá onde?
Quanto a ti, sempre atenta, fizeste bem em publicar o que eu escrevi. Agora, não sei por onde vou, só sei que não vou por aí...
CMatos disse…
Bonito.
Já na altura havia fotógrafos com bom gosto e muito talento.
Ranhette du Nez disse…
Visité le neuf blog, Le Cacilhiére Fantôme, pour aprecié une golle de rum.


http://ranhettedunez.blogspot.com
IsaMar disse…
He he muito giro...muito engraçado.
A Sexualidade existiu sempre.

beijinhos

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna