27 de março de 2008

Mais uma da CMA, que vai de mal a pior!

Na próxima segunda-feira recomeçam as aulas e eu já estou a antever problemas.

Desta vez o pessoal da Câmara Municipal de Aveiro teve uma ideia peregrina e idiota: as senhas das refeições, que eram pagas na escola ao dia ou à semana, conforme as posses e as necessides de cada um, passarão a ter de ser levantadas e pagas nos serviços de educação da Câmara, no Centro Cultural e de Congressos.

Um local que fica mesmo à mão dos pais dos meus alunos, que vivem nas Quintãs!! (já para não falar dos que vivem na Costa do Valado, na Póvoa do Valado, em Oliveirinha, Verba, Nariz e Mamodeiro!!!)

Este serviço de almoços, que eu saiba, inseria-se no programa - tão acarinhado pela ministra - de apoio às famílias.
Se fazer os pais deslocarem-se a Aveiro (com autocarros caríssimos e raros) com um horário de atendimento das 8:30 às 16:00, é apoio às famílias, eu vou ali e já venho!!

Claro que os que não pagam só lá terão de ir uma vez e levantar todas as senhas, mas acontece que a maior parte das pessoas que pagam é que precisavam de ser apoiadas pois vivem com dificuldades económicas (e não têm direito a subsídio porque trabalham!!)!
São esses que mandam os filhos todos os dias à escola, ao contrário da maioria dos subsidiados que só aparecem quando lhes apetece!

Eu vou procurar saber o que farei na terça-feira, dia 1 e primeiro dia de utilização das senhas, aos alunos que não tiverem senha para almoço.
Ficam na escola sem comer?
Mando-os comer a casa?
À responsabilidade de quem?
E quando não está ninguém em casa?

Por enquanto, só há perguntas sem resposta!

11 comentários:

Tereza disse...

Lamento a situação dos alunos de sua escola. Temos problemas semelhantes e até pior em meu país. Gostaria que visitasse o meu blog http://infancialidades.blogspot.com

Abraços

Saltapocinhas disse...

olá tereza!
bem vinda!

o problema que relato aqui é importante porque era escusado, é uma incompetencia de uma autarquia que em vez de ajudar só complica!

claro que há problemas muito mais graves no país, mas não estou agora a falar neles aqui.
em relação ao teu país tenho imensa pena que um país tão rico e com tantos recursos tenha tanta injustiça social.

PN disse...

Só tenho uma palavra: vergonhoso!

José António disse...

Com umas amendoas e uns folares essa fraqueza passa!! (eh!)

Ass: O Bardo

José António disse...

Agora mais a sério: Então uma decisão dessas é tomada à margem da Assembleia de Escola? Não deve! No mínimo o responsável da autarquia terá de ser convocado para uma reunião extraordinária de Assembleia de Escola, onde deve justificar-se perante a comunidade educativa aí representada.

Didas disse...

Os serviços de apoio à família não foram criados por esta ministra nem neste governo, e parece-me que ela nem tem culpa nenhuma do que está a acontecer. Eu fico-me por aqui, porque é melhor para mim. Beijinhos!

Saltapocinhas disse...

ok bardo!

a medida da camara afecta muitas escolas e muitos agrupamentos, não é só o meu!
e a noticia foi dada em plena interrupção (demos a noticia aos pais no dia da entrega das avaliações), já para não dar aso a polémicas!!

didas:
neste caso a ministra está inocente!!
e nem deve saber do que se passa. nem sou eu que vou dizer-lho!

Emiele disse...

Didas, mas olha que a Saltapocinhas só disse que as medidas têm sido "acarinhadas" pela ministra, e isso também concordo. Por exemplo aquela história do prolongamento dos horários, afinal articula-se com as medidas de apoio à família.
De resto, esse sector, é da responsabilidade da Segurança Social, ou devia ser. Contudo se as senhas vão ser levantadas nos Serviços de Educação da Câmara (será mesmo assim?) as duas coisas articulam-se completamente. E tal como o José António também me parece que uma decisão dessas deveria ter sido debatida com a Escola. Há qualquer coisa aí, que bate mal...
Talvez voltem atrás.

Hands of Time disse...

é cada uma...que nem dá para acreditar!

Saltapocinhas disse...

é isso mesmo, emiele!

as refeições estao incluidas no "pacote" apoio social.

assim duvido que estejam: é muito dificil aos pais andarem sempre em averiro (alguns estão a cerca de 10 Km!!) e também é dificil para a maioria comprar muitas refeições duma vez só (acho que custa 1,42 cada refeição)

até há cá pelo burgo quem diga que se trata dum emprestimo à camara feito pelos pais!!

hands:
é mesmo verdade, embora pareça mentira

setora disse...

Até se diz por aí que o ensino obrigatório é gratuito!