14 de maio de 2005

Mãe cadela

Normalmente usa-se como insulto... "Que cadela" é um insulto dos feios!
Mas hoje, segundo o que ouvi e vi no Jornal da Tarde, provou-se que uma "mãe cadela" pode ser muito melhor que qualquer outra mãe!

Para quem não ouviu a história, um resumo:
Num país africano - não me lembro qual- uma cadela vadia e esfomeada, com uma ninhada para alimentar, encontrou no meio da mata um bebé.
Por um longo percurso acartou o bebé como se de um cachorrinho se tratasse e juntou-o à sua ninhada.
Aí foi encontrado por humanos que o levaram ao hospital onde está a ser assistido...

Frase do dia (e esta é minha):
Para este mundo se tornar num paraíso nem era preciso muito: bastava que as pessoas agissem como os animais!!

13 comentários:

pekala disse...

Tal e qual...(enviei-te um mail)

guevara disse...

pois é...
e assim nós nos fazemos...
n animais, mas animalescos!

Clitie disse...

Também ouvi esta história e fiquei completamente abismada, porque a cadela fez aquilo que os pais desse bébé não fizeram!!
Eu tenho por hábito dizer que há muitos animais melhores que os seus donos...e isto diz tudo.

Wakewinha disse...

Eu não podia estar mais de acordo! Sabes que a maior paixão da minha vida são os animais, e por isso histórias dessas só me fazem levantar mais o nariz e continuar a afirmar que maior parte dos animais tem melhores valores que muitas pessoas. Não me posso demorar mais nesta resposta!

Mas ainda bem que esta história corre mundo; da próxima vez outras cadelinhas serão olhadas doutro modo; mais humano! =)

Age! P'los Animais...

Carla disse...

Já tinha lido sobre essa história fantástica, se não estou em engano foi no Quénia. É incrível o que os animais fazem. Verdadeiros testemunhos de amor... Uma vez li que eles estão sempre muito atentos a nós e aprendem facilmente qual o nosso ritmo normal de respiração. Foi assim que um Golden Retriever salvou um bebé. Ele estava a sufocar no berço e o cão foi a correr puxar a roupa aos donos, que estavam na cozinha, até eles se aperceberem que algo se passava. E tantos cães abandonados que insistem em não largar o local onde foram despejados? Ficam ali à espera, acham que os donos vão regressar... Devíamos tratá-los com o respeito que merecem. Beijo grande.

pauxana disse...

Completamente de acordo. A história também me comoveu.

MWoman disse...

Nem mais, saltapocinhas! Bastaria isso. Que história incrível essa!Bom domingo.

Formiguinha disse...

Há anos que já tinha chegado a essa conclusão. Bjinhos***

Maria Papoila disse...

Os cães são realmente os melhores amigos do homem. bjs

Anónimo disse...

Pois! Que eu saiba o Homem é o único bicho que trata mal as suas crias... Bj e boa semana da Fernanda

Cakau disse...

Ainda temos tanto para aprender... :|

Beijinho, saltapocinhas *

aflores disse...

Claro que podia entrar aqui na teoria da conspiração e perguntar se não teria a cadela levado o bébé para junto das crias com a finalidade de as alimentar....que horror? não sabemos, não sabemos...é que nem sempre aprendemos com os animais.

Carla disse...

aflores, a cadelinha desta história foi avisar os donos...não descansou enquanto não os levou até à criança. Aprendemos muito com os animais, sim... São os únicos que não matam por prazer, que eu saiba. Beijo grande.