22 de junho de 2006

Personagens e intérpretes

Um dia destes dizia-me a Rita: "sabes, o pai da Floribela apareceu agora para a chatear"!
Mas logo se corrigiu "O pai da Floribela não, o pai da Luciana. É que foi mesmo o pai da actriz, não foi o pai da personagem"
Perante a minha ignorância, ela lá foi contando que o pai da rapariga tinha abandonado a família quando ela ainda era pequena, mas agora, que ela é famosa, voltou...
E faziam, ela e o resto do grupinho das cuscas, uma grande retórica sobre o comportamento de tal pai...

Vem isto a propósito de, há bocado, no anúncio de um filme dizerem que a Julia Roberts se apaixona pelo Jude Law que está apaixonado pela Natalie Portman que por sua vez se apaixona (ou desapaixona??) pelo Clive Owen....
Irra!
Esta gente tem cursos superiores e não aprendem por lá a distinguir as personagens dos intérpretes??

Eu tenho assim umas pancadas esquisitas de me incomodar com coisas que não incomodam ninguém, e nas quais a maioria das pessoas nem repara!
Uma delas é esta, que acontece frequentemente na televisão e nas revistas de confundirem personagens com intérpretes...

Parece que esta minha mania está a ter seguidores e, pelo menos os meus alunos, já sabem distinguir muito bem personagem e intérprete.
Podiam ensinar os locutores de televisão!

3 comentários:

Carla Silva disse...

O problema da confusão são mesmo os nossos locutores de televisão - é preciso fazer a diferença para que as pessoas não confundam a vida real do imaginário.
Bom fim-de-semana e beijinhos.

Abelhinha disse...

o AXN faz essa confusão propositadamente.

Também não gsoto muito

Assobio disse...

Pois, voluntária ou involuntariamente... Às vezes não tenho a certeza de que não seja só pura ignorância!
A verdade é que a confusão vai alastrando, para mal dos nossos pecados e da nossa educação.

Mais difícil ainda é fazer perceber a diferença entre narrador e autor...