7 de janeiro de 2009

E a burra sou eu???!

Ando (ainda!!) à volta com os Magalhães.
Conforme já disse, cabe aos professores a tarefa de inscrever as criancinhas.
No site da e-escolinha, em resposta às FAQ, podemos ler o seguinte:

«Porque é que os professores têm de fazer a inscrição dos seus alunos no programa e.escolinha?
A participação de cada professor do 1.º ciclo do ensino básico restringe-se apenas à inscrição dos seus cerca de 24 alunos, tarefa que, em média, não excede as duas horas (média observada nas primeiras 100.000 inscrições)»


Aqui está então o busilis da questão: eu não tenho 24 alunos, "só" tenho 17 e desses houve dois que nem quiseram o computador.
Tinha então 15 inscrições para fazer.

Ainda não fiz as 15 - só fiz 12 - e as 2 horas já lá vão há muito...
Aliás, antes mesmo de iniciar as inscrições, já as tinha gasto, uma vez que, para explicar estes trâmites aos pais dos meus meninos, fiz uma reunião de pais que durou quase esse tempo.

Depois, durante as "férias" estive realmente de volta do computador a fazer inscrições e posso dizer que estive novamente mais de 2 horas.

Entretanto, recomeçaram as aulas, e hoje ia inscrever mais dois.
Digo "ia" porque entretanto, não tenho conseguido concluir a inscrição.
E, de cada vez que tento voltar a entrar, tenho de inserir um n.º de código da escola, mais uma enorme password e mais o meu n.º de contribuinte...
Só hoje, já devo ter gasto mais de 1 hora, e ainda não consegui inscrever nenhum dos 3 que faltam.

Como vêem, só posso mesmo ser muito burra!
Pois se os senhores do ministério dizem que 100.000 conseguiram fazê-lo em menos de 2 horas!! :(

Por outro lado, é melhor repensar se a burra serei eu.
É que, na mesma página, escrita pelso mesmos senhores, e um bocado mais à frente, podemos ler o seguinte, acerca da mesma pergunta:

«Permite também o reconhecimento pelas famílias do papel facilitador do computador na aprendizagem do seu educando e da importância que o domínio das TIC assume hoje para a sua plena integração na sociedade»
Perceberam o que é que o facto de serem os professores a fazer a inscrição tem a ver com isto?
Eu não!!

E mais adiante, dizem assim:
«A distribuição é simultânea para os alunos de cada escola...»

Bem, esta estou em condições de afirmar peremptoriamente que é mentira!!
Sei de pelo menos 1 escola de 30 alunos, onde chegaram 5 ou 6 computadores!!
E sei também que não é a única!

Posto isto, já nem me resta qualquer dúvida de que afinal a burra não sou eu!!

6 comentários:

Didas disse...

E pronto, lá vem a mete-nojo do costume. Aquilo a que chamas "férias" não o é. É interrupção lectiva. Férias é para os putos. Por isso, se tivesses estado todo o dia a trabalhar para a escola, era perfeitamente normal.

PS: Ainda estou à espera que me digas onde e como queres receber o prémio do farinha. Isso não te leva duas horas mulher!

Shakti disse...

Hoje vou comentar como encarregada de educação ...

Recebi um sms para pagar o Magalhães num prazo de 5 dias ...assim o fiz...guardei o comprovativo e passado dois dias nova sms a dizer que o pagamento tinha sido efectuado...alertei a escola para tal , mostrando como prova os sms recebidos bem como o talão de prova de pagamento...disseram que tinham chegado 36 Magalhães mas que ainda não sabiam como seriam distribuídos...tudo isto antes do final do primeiro período...veio a reunião de pais e a professora informou que apenas estavam disponíveis para levantar os Magalhães de quem pertencia ao escalão A( a quem nada tem que pagar)...olhou para mim e disse...desculpe mas não tenho nada para o seu filho...

Claro que esbocei um sorriso e nada disse...entrei de férias e o miúdo não foi para a escola ...pensei que quando retomasse o 2º período já teria alguma resposta...até hoje nada...eu nem sequer falo com a professora pois sei que a rapariga nada pode fazer e tem outros pais que pagaram depois do meu e já andam a reclamar com ela...

O que eu sei ...é que não tenho a quem me dirigir para reclamar ...e os 50 euros estão na conta deles desde o dia 12 de Dezembro...falta pouco para fazer um mês e de Magalhães nada de nada ...

Perante isto e visto as coisas de quem está de fora o que pensar ???

Olha o que me vale é que eles ainda não chegaram ao particular...quando chegarem vai ser bonito ...se as coisas continuam assim com os pais exigentes que tenho...nem quero imaginar !!

Fica aqui a promessa que quando o meu cachopo tiver o bendito Magalhães eu venho aqui dizer ...

bj e desculpa se fui demasiado extensa...

Saltapocinhas disse...

comigo não pega, didas, porque eu assumo as minhas férias, que foram mais 2 dias úteis que os das outras pessoas.
meti aspas, porque nesses dias eu trabalho. sem alunos, principalmente e o que me dá gozo é não ter a pressão de cumprir um horário, mas trabalho e creio que a maioria dos professores o faz.
têm mesmo de fazer, há tanto que fazer que tem de ser feito nestas alturas em que não há alunos.

eu não me queixei do trabalho, queixei-me da tarefa de que me incumbiram e que não tem nada a ver comigo - segundo dizem lá no site o magalhães é considerado material didáctico - e não faz parte das minhas funções comprara o amterial didáctico dos meus alunos!!!
além disso querem fazer de nós parvos querendo mostrar a quem ler o site que aquilo até é uma coisa que se faz num instante quando afinal não é nada assim!!

shakti:
afinal o caso é muito mais grave do que eu pensava, porque realmente os poucos magalhães que têm chegado às escolas são destinados aos que não os pagam.
eu estava longe de imaginar que havia magalhães já pagos!!

ameixa seca disse...

A Constituição Portuguesa também diz que todos temos direito a um emprego :)
Hoje tive conhecimento que só chegaram 9 Magalhães a uma turma de 20. E é só a turma do 2º ano...

Pedro disse...

Ao meu agrupamento, dos 253 magalhães pedidos apenas chegaram 9! Todos para alunos com escalão A.
Já vários pais se queixaram que pagaram os computadores e ainda não os recebemos.
Hoje fomos avisados que segunda chegarão 31. Sem indicação de serem para a mesma turma ou não. O mais provável é que sejam para várias turmas...
E o pior é que as facturas apenas trazem os nomes dos encarregados de educação. Depois temos de vasculhar os dados para descobrir quem temos de contactar...

Angel disse...

Pois, na escola onde dou AEC tb têm chegado às pingas...