13 de janeiro de 2009

É hoje notícia que as reformas vão baixar.
Presumo que sejam as mais baixas, já que nas mais altas, nessas ninguém mexe!
Mas o que me revolta é haver gente que, para além de ter reformas milionárias, ainda acumulam várias (o nosso presidente da república, por exemplo!!).

Se uma pessoa, depois de reformada, resolver arranjar ainda outro emprego, em vez de ficar em casa a ver televisão ou no jardim a jogar à sueca, tem todo o direito a receber o ordenado, para além da reforma.
Mas nunca receber 2 ou 3 reformas!
É imoral, e devia também ser ilegal.

Não vejo jeito de isto mudar, porque quem faz estas leis é quem delas depois vai beneficiar!
As pessoas cada vez confiam menos nos políticos, e não haja dúvida de que têm bons motivos para isso!

3 comentários:

José António disse...

A propósito de políticos, julgo ter no meu blog uma explicação sensata para a tua incisiva questão.

Angel disse...

Pois, parece q é mm assim... Infelizmente, ñ vejo forma a curto prazo disto mudar!

ameixa seca disse...

Entende-se porque continuo desempregada?