28 de janeiro de 2009

Cheguei a casa toda molhada,

porque tive de ir a uma reunião na sede do meu agrupamento e quando de lá saí chovia bastante (quando cheguei não chovia, por isso o guarda-chuva ficou no carro!)

Só gostava de saber quem foi o esperto do arquitecto que arquitectou estas escolas denominadas EB 2,3 (que raio de nome!!) e que são feias que dá dó! (para condizer com o nome?)
Além de feias, parecidas com uns caixotes, não são nada práticas pois não dispõem de nenhum beiral! São rapadas a toda a volta, fora de portas não há hipótese de abrigo.

Por isso, mal pomos o pé cá fora, estamos logo debaixo de chuva! Até as crianças se tiverem de se deslocar para outro local fora do edifício principal (como por exemplo, o pavilhão) o têm de fazer debaixo de chuva.

(a imagem tirei-a da net, estas escolas são todas iguais. É só para terem uma ideia)

9 comentários:

Boop disse...

É verdade!
Na minha escola secundária fizeram uns corredoes com telha de cimento no intervalo dos pavilhões!
Servia!!

Shakti disse...

Mudam as cores...LOL

bj

Lucinda disse...

Oh feitiozinho do cão! Isso é que é má vontade. Esqueces o guarda chuva e quem desenhou a escola passa a receber uma humilhação pública!

ameixa seca disse...

São horríveis, parecem prisões. Não admira que ninguém queira lá estar!
Sabes que o título deste poste podia ter outros sentido? Isto já sou eu a fazer filmes ;)

Emiele disse...

É falta de gosto e de inteligência. O 'interessante' é que deve ter sido mesmo um arquitecto a fazer o mamarracho porque essas coisas têm de ter concursos, creio eu.
E ficam com um aspecto tão triste... Uma vez deixei lá na «minha casa» uma imagem de uma escola da Holanda ou coisa assim, que provisoriamente (e lá é mesmo provisoriamente!) tinha arranjado uns contentores para servirem de salas enquanto faziam as obras na Escola. mas tinham pintado aquilo com umas cores tão giras que quem olhasse parecia uma construção de LEGO gigante.
É questão de sensibilidade...

bell disse...

A minha é bem pior que essa. São 5 blocos unidos por uma espécie de telheiro que não protege nada. O arquitecto era estrangeiro, ao que sei, de um país com neve e longos Invernos com pouca luz, por isso as salas têm grandes janelas em todas as paredes e umas estruturas para guardar os esquis.

(Acabei de te atribuir um prémio.)

aflores disse...

As obras públicas são todas "chapa 5"...escolas e centros de saúde são o (mau) exemplo disso.
[para a próxima não deixes o guarda-chuva no carro]

Saltapocinhas disse...

Flores: obrigada pelo precioso conselho!! :)

bell: a tua história é hilariante, digna de ser publicada!!

emiele: lembro-me bem disso que publicaste! o que chateia mesmo é que tanto custava fazer em condições como custou fazer mal feito! Eu não me conformo com esta falta de gosto e de inteligencia!!

lucinda: feitiozinho do cão, eu????
deixa-me rir!!

Castanha Pilada disse...

Nem era preciso imagem, estas escolas são mais conhecidas do que o c*gar.