21 de janeiro de 2009

Já estive melhor!!

Hoje, por volta das 18 horas, já de noite, a chover razoavelmente e eu carregadíssima com a pasta, o guarda-chuva, mais uma molhada de cadernos e ainda alguns livros*, chego ao carro e... a porta não abre!
O comando não comandava nada e tinha medo de meter a chave na fechadura porque nessas ocasiões o carro não costuma gostar e desata a apitar por todos os lados.
Fico uns instantes (um minuto ou dois?) a olhar para o carro, os cadernos a escorregarem perigosamente e a ameaçarem desabar no chão, e a pensar no que havia de fazer quando resolvo olhar ainda melhor para o carro, pois nessa altura comecei a achar que tinha andado demais!
E fez-se luz!
Aquele carro não abria porque não era o meu!

Atenuantes:
- um dia com 9 horas de trabalho (aulas e 2 reuniões)
- o carro era da mesma marca do meu e da mesma cor! (não valia a pena olhar para a matrícula, pois não a sei!)

(O * fica para amanhã)

11 comentários:

Isabel Aleixo disse...

E vou mesmo voltar para averiguar o *
Quanto ao resto, muito miúdo, muita aula e trabalhinho non-stop dão nisso! (deixo para os psicanalistas a eventual necessidade de uma troca de vida...)
Abraço

aflores disse...

Eu preparava-me para dizer "troca de carro"!!! No entanto...acho melhor aconselhar a minha amiga a tirar umas férias :))))

Boop disse...

;)

Um dia fui trabalhar com a camisola do avesso = meti uma semana de férias!

Angel disse...

Deixa lá, tb já me aconteceu :)

Emiele disse...

Olha, olha, as vezes que isso me acontece!!!
O mais espantoso, foi uma vez que entrei num carro (ou seja, abri a porta e entrei) sentei-me e comecei a indignar-me porque me tinham roubado os tapetes, a caixa de kleenex, o espelho retrovisor maior, e mais umas tralhas que para ali tinha quando noto uma coisa pendurada no espelho (e nunca tive bibelots desses!!!)
Ai, ai, ai... o carro não era o meu! E eu lá dentro!
[só como explicação, era um «dois cavalos» vermelho igualzinho e estava dois lugares acima do local do meu!!!!!!
:D

ameixa seca disse...

Ai se o dono fosse um brutamontes ainda te metias em trabalhos... que vergonha he he

mfc disse...

Deixa lá... já me aconteceu mais que uma vez!

Shakti disse...

Imagino a tua cara...

lol

bj

Lucinda disse...

Bolas! E eu a pensar que não regulava bem! Essa ainda não me aconteceu. Para lá caminho.
Quando chegares aos 60 ficas boa. É a melhor idade para se ser professora. Vais melhorar como o vinho.

bell disse...

Também já me aconteceu. Só que a porta estava destrancada, eu abria-a e lá dentro estava o dono a dormir! Imagina o susto dele quando uma maluca lhe abre a porta e balbucia umas desculpas atrapalhadas. eheh

Didas disse...

Já vi pessoas fazer isso sem hora nenhuma de trabalho!
Nove horas é dose, mas é o normal para muita muita gente. E cara alegre porque ainda têm emprego.