31 de janeiro de 2009

Dias de fartura, mas começo a estar farta de tanta fartura!

Por estes dias, em minha casa, é tempo de deixar a torneira sempre aberta enquanto se lavam os dentes (ou as mãos, ou a louça...)
É também altura de, quando se toma duche, ficar lá mais um bocado, só porque sim, e também de utilizar sempre a descarga maior do autoclismo.

Já sei que estão a pensar que sou uma perigosa gastadora de um dos mais preciosos recursos do mundo e que deixei de respeitar o ambiente...
Mas não, não é nada disso!

O que se passa é que cá em casa somos auto-suficientes em água, mas ultimamente, com tanta chuva que tem caído, até somos auto-suficientes demais!
O poço está cheio e só não transborda porque há uma engenhoca que faz com que o excesso de água seja despejado lá fora.
Por isso, se por estes dias precisarem de água, venham cá que eu forneço!

6 comentários:

ameixa seca disse...

Tanta água já enjoa mesmo. Espero que sossegue um bocadinho na próxima semana!

Shakti disse...

A chuva não pará ...

bj

Shakti disse...

Tens um mimo no meu canto...

bj

Donnola disse...

q sorte! isso é q é desperdicio de recursos, uma amostra em pequena escala dos males do mundo

José António disse...

Então e não haverá maneira de ligar o poço à rede? Se não houver, porque não criar umas enguiazitas?

Emiele disse...

Mas que sorte!
Também penso que poderias montar um pequeno negócio (se isto continua até pode ficar um grande negócio) e fazeres concorrência à Empresa Pública de Água da tua zona.
Fiquei interessada na engenhoca, mas deve ser porque tens poço, não é?