19 de julho de 2006

Esta senhora...

...conseguiu um feito raro de unanimidade nacional: tem toda a gente contra ela!
Primeiro os professores e os sindicatos, mais recentemente alunos e agora também chegou a vez dos pais!
Será que falta alguém?


Adenda: Afinal faltava!
A saber: os socialistas, a oposição e agora juntou-se à lista o Ministro das Finanças!

7 comentários:

Emiéle disse...

Eu conheço uma pessoa.
E é boa pessoa e bastante inteligente. Acontece que, por azar, conhece vários casos de "maus professores" tem tudo aquilo na cabeça, e apesar de pensar que a ministra tem tido uma má capacidade de comunicação ( lol ) tem apoiado por achar que 'há coisas que tinham de ser feitas'. Já tive algumas discussões com ela, porque sem negar os muitos casos que ela citou em escolas na periferia de Lisboa, tal como a ministra também ela generaliza a partir de alguns casos.
Contudo é a única excepção que conheço. Tenho até familiares próximos, no ensino, que andam desesperados. Uma cunhada, por exemplo, que contava reformar-se daqui a 4 anos, dizia-me não aguentar quase mais 15 anos de trabalho e reformar-se com cerca de 45 anos de trabalho. De facto isto parece de loucos. Como dizes neste momento ela devia parar para pensar como é que tem tudo contra ela. Até membros do seu partido...?!

SaltaPocinhas disse...

Emiéle Eu comecei a trabalhar com 19 anos... aliás uma das coisas que acho é que as pessoas se deviam reformar pelo tempo de serviço e não só pela idade. Neste momento há muitos professores desempregados que rondam os 30 anos. Se um dia começarem a trabalhar, quando chegarem aos 65 trabalharam 30 e poucos anos. Eu se trabalhar até aos 65 terei 46 anos de serviço!
Eu também concordo que há muita coisa mal na educação que tem de ser mexida: há "professores" que nunca puseram os pés numa escola e que ganham mais que os que dão aulas!
E há incompetentes e gente que nem devia dar aulas...
Mas daí a meterem-nos todos no mesmo saco é que não pode ser!!

Trequita disse...

mesmo assim a saga da ministra continua, será que alguma vez vivemos em democracia? Está a ser difícil contornar uma ministra tão intransigente!
Bjokitas

Hindy disse...

É muito bem feito! Só tem o que merece, pode ser que assim ela desapareça!

Beijinhos :o)

PN disse...

Esta senhora... não há palavras... Toda a gente diz que há erros nos exames e ela teima em dizer que não. Enfim... o que dizer mais? Acho que nem vale a pena falar mais sobre tal pessoa, porque não tarda começo a ter pena dela, coitadinha, em quem toda a gente bate.

Assobio disse...

A Ministra não se preocupa muito com o que possam pensar dela.

Assobio disse...

Obrigada pela visita e pelo comentário!