4 de julho de 2005

Bombas burras!

Os americanos estão todos felizes porque conseguiram fazer explodir uma bomba no inteior de um pobre, indefeso e inofensivo meteorito.
Avanço para a humanidade?
Teria sido um grande avanço para a humanidade se a bomba lançada ao pobre do meteorito tivesse feito ricochete, voltado para trás e varrido da face da terra dois monstros, piores e mais perigosos que todos os meteoritos juntos: um lá nas américas chamado George.
O outro, chamado João, que só serve para conspurcar a ilha onde (infelizmente) ainda vive!

Não costumo ser assim tão cáustica, muito menos desejar o mal de alguém, mas uma mulher não é de ferro!
E hoje... saltou-me a tampa, "prontos"

ADENDA: Antes que o Jesus me mate (o que seria muito mau!) eu emendo: não era um meteorito, era um cometa... Satisfeito??

15 comentários:

guevara disse...

A NEURA hoje bateu à tua porta, não foi?
Raio de gaja, salta de casa em casa sem ser convidada!

Eu tou bem, obrigada, a NEURA foi-se embora p'rai!

Lol...
=)

O "João da Ilha" é um Tónhó, mas ninguém se queixa de viver naquele paraíso!
As minhas amigas, tuas colegas de profissão, foram para lá!

Beijo!

Caracolinha disse...

E que dia tão bem escolhido para este post...

Espero que este texto te tenha servido para aliviar a tensão. É que eles nem valem a tua neura.

Beijo Encaracolado ~:o)

carlos disse...

subscrevo o teu texto: esses cavalheiros tresandam há séculos!

Morsa disse...

Não vou comentao o Alberto Jardim porque de certa forma acho que compreendo a forma como ele se manifesta!
No entanto, acho que hoje estas a pegar pelo lado errado! Os americanos lançaram a bomba contra o meteorito porque caso desse certo avançamos na tecnologia uns bons 10 anos!
Não defendo o Bush, sou completamente contra ele ser o Homem mais poderoso do mundo, especialmente ele! Bem... mas nao vou comentar!
Beijo grande

Anónimo disse...

Prontos, então! Bj da Fernanda

SaltaPocinhas disse...

@@ CARLOS: Vê lá se deixas link para o teu blog! :-(

mfc disse...

É bom que nos salte a tampa de vez em quando senão a panela rebenta!
E esses dois eram bem idos...

PARTILHAS disse...

Beijos Mulher!

Antonio Garcia Barreto disse...

Podiam também ter enviado para o espaço a cabeça do George e a do João. Se batessem contra o meteorito teriam feito uma cratera maior que a esperada pelos cientistas. Cabeças duras como aquelas não deviam ter outro aproveitamento.

Carla disse...

Concordo plenamente! Com tanto que há por fazer aqui, andam a fazer explodir cometas... :( Beijo grande.

pauxana disse...

Bem com gente como esta, até a um santo saltaria a tampa...

Vespinha disse...

E nem quero pensar em quantos milhões de dólares se gastaram na "brincadeira"...

Fica-te bem esse lado caustico!

Vespinha

JesusRocks disse...

Sobre o arbusto nem me vou pronunciar; o Alberto só está lá porque os habitantes da bendita ilha atlântica lhe continuam a dar maiorias absolutas umas atrás das outras (infelizmente... também o considero um asno); quanto à experiência pioneira levada a cabo pela NASA fico triste por estas opiniões tão desfocadas.

A experiência tem os seguintes objectivos:

- descobrir de que elementos são constituidos os cometas... a teoria geralmente aceite da formação do sistema solar, diz-nos que este foi criado após o colapso gravitacional de uma nuvem de gás de grandes dimensões. Os cometas constituem os supostos restos deste processo de criação em que as partículas se agregaram para formar o Sol e todos os planetas que giram em seu redor, bem como os restantes objectos que vagueiam no espaço e cujas trajectórias cruzam o sistema.

- desenvolver métodos que nos permitam num futuro próximo, e caso seja necessário (como já se temeu por mais do que uma vez, e não me estou a referir aos filmes de Hollywood), desviar a rota de objectos que ameacem colidir com o nosso pequeno e vulnerável planeta.

Posto isto, recordo os cépticos que tão prontamente criticaram este tipo de experiências, que se não fosse pela ciência e pela tecnologia, hoje estariam a escrever as vossas críticas na parede de uma qualquer caverna com uma pedra ou (caso já tivessem descoberto o fogo) com um pedaço de carvão.

Sim, fiquei indignado com o artigo e comentários relativos à referida experiência científica. Nem sequer vou comentar os anti-americanismos explícitos. Quem está habituado aos meus comentários já conhece a minha posição em relação a essas opiniões xenófobas.

SaltaPocinhas disse...

@@JESUSROCKS:
Não percebeste o meu post: a parte principal era dizer que o Bush e o Alberto João são uns cromos que não deviam ocupar os lugares que ocupam (podiam ser operários numa fabricazinha na Sibéria ou no Alasca onde não incomodassem ninguém).

Utilizei o cometa sem querer dizer que esses estudos não são importantes. Claro que são!
Mas mais importante ainda que saber de onde viemos, não seria alimentar os que já cá estão?
E não sou anti-americana, sou anti-presidente-americano-que manda-no-mundo-em-vez-de-mandar-só-no-país-dele!

JesusRocks disse...

Saltapocinhas: Fiquei mais aborrecido com os comentários do que com o artigo, mas como o artigo suscitou os comentários levou por tabela. Agora que houve aí comentários claramente xenófobos, isso não podes negar.

Quanto à tua opinião sobre a experiência, em segunda leitura nota-se a ironia, mas na primeira impressão tinha levado a coisa à letra (na verdade fiquei indignado por chamares meteorito a um cometa :p).

De qualquer forma, como já te acompanho há algum tempo e conheço um pouco de ti e de como pensas, quando critico algo num artigo teu estou a comentar o artigo e não a tua posição pessoal - se pretender fazer crítica à pessoa, serei explícito.

Já me passou a indignação - estava a precisar de dormir.

Beijocas *********