21 de julho de 2005

Desabafo do dia

Comecei a trabalhar com 19 anos e agora tenho as minhas perspectivas de vida futura todas viradas do avesso por causa dum gajo que se reformou com 5 anos de serviço e se cansou ao fim de 4 meses de trabalho!

(e agora devia escrever um palavrão, daqueles cabeludos, à moda de Massarelos!)

19 comentários:

Miss15 disse...

Cheguei aqui por acaso mas gostei do teu blog: é graficamente bonito, arejado, escreves bem. Gostava que me desses a tua opinião sobre o meu - CONVERSA A DOIS. Visitas como a tua valem sempre a pena. Vou voltar.

aflores disse...

idem idem, aspas aspas...ehehehehe e qual seria o palavrão escolhido por mim (também de Massarelos)que comecei a trabalhar aos 15 anos e que hoje, com 48 anos sou considerado velho para trabalhar e novo para a reforma ;) ;) "#"6)%&%&»">>>(()))))#%"

arlequim disse...

lololo não disseste mas ouvi-te "pensar" lolo
bom fim de semana, bjs

Freddy disse...

Curto mais os palavrões de Miragaia...

O Pingú e a Zona Franca vão de férias. :) Até à volta!!!

MWoman disse...

Vá, força, diz lá o palavrão. Eu junto-me a ti.
Queres ver?

"#$%&%/$#%&%$#"/&"#$!!!!!!!!!!

Pronto, já está! Cabeludo mesmo! Ehehehe

Grilinha disse...

Tens toda a razão mas nem imaginas os palavrões que eu tenho dito estes últimos anos. Comecei a trabalhar com 18 anos (descontei 28 anos). Adoeci e fiquei com uma incapacidade (68%) que me obriga a gastar 500€ por mês em sacos e placas de ileostomia. A Seg Social dá 2€ por dia e a ADSE (para quem tem) paga 100% das despesas. Porque raio não fui rtabalhar para a função pública? Nem tudo é mau nem tudo é a nosso contento. Se não fosse o engº ganhar para me sustentar andava a pedir nas ruas da baixa de Lisboa com uma caixinha na mão depois de ter contribuído 28 anos para pagar as reformas e os medicamentos de outros. Vou arejar para nem me lembrar que vem aí mais uma factura para pagar e a reforma vai-se toda para a farmácia.
Mesmo depois de ter escrito á Seg Social e ao ministro da saúde a resposta foi negativa pois o meu agregado familiar ganha o suficiente para me dar um pratinho de sopa e uma sandes .... ou seja o rendimento per capita é superior ao salário minimo nacional o que significa SER RICO.

Grilinha disse...

.... voltei ... esqueci de dizer que já votei em ti e que o vizinho diz que não me vai falar nos próximos 200 anos. ehehehehh

Dilbert disse...

Oi Saltapocinhas :)
Adoro esta tua frontalidade e maneira directa de enfrentar as coisas... põe-me logo a :)
Viva massarelos... eheheh
Espero que estejam a aproveitar bem a praia
Beijokas e até já...

mfc disse...

Escreve, diz... que alivia... e é o que eles merecem!

Papá Urso disse...

olá! vim cá conhecer a saltapocinhas! :)

já cá tinha vindo... estava a mentir...

muito beijinhos e vom fim-de-semana

SaltaPocinhas disse...

@@ GRILINHA: Quem está errada é a Segurança Social, não a ADSE! Governar nivelando por baixo qualquer um faria! Eu concordo que há injustiças entre sistemas de saude, mas deviam nivelar POR CIMA e não por baixo! Como estamos em crise, nivelavam "pelo meio" até chegarem melhores dias!

DP disse...

Eu já lhe prestei a devida homenagem no arte por um canudo 2.Bom fim de semana.

DP disse...

Sem entrar em polémicas com a grilinha eu ainda não percebi se a ADSE é alguma regalia para os funcionários públicos.Tive que fazer uma cirurgia o ano passado (tb sou f.p.) e a ADSE pagou zero. Zero assim 0.O meu reembolso foi o que veio do IRS, porque tive que enviar as despesas todas para o IRS.Nunca chego a perceber, mesmo quando vou ao médico é preferivel meter no IRS do que enviar para a ADSE.E não sou só eu a fazê-lo. Quem me dera a Seg.Social.Arte por um canudo 2

angelis disse...

Pois deste lado também se ouviu o palavrão ##%&$!"...
Há diferenças entre os diferentes sistemas de saúde, isto a propósito do comentário da grilinha, e sem entrar em polémicas, informo que os descontos que são feitos para a segurança social são exclusivamente para a reforma e para as baixas por doença...pois o sistema de saude, vulgo SNS (serviço nacional de saúde) é gratuito, não se desconta para ele.Como tal que regalias se podem ter em reembolsos e em apoios nos meios auxiliares de diagnóstico, entre outros? Os outros subsistemas de saúde, tal como a ADSE, quem deles beneficia, desconta, paga para eles do seu vencimento.Dai haverem diferenças. Se pago para o meu sistema de saúde, tenho que ter mais regalais.O que deveria existir eram as mesmas regalias para todos...tal como reformas, etc, etc.

carlos disse...

eu não sou do Norte - mas comecei a minha carreira em Valongo. e não sou de modas: Campos e Cunha, vai para o CARALHO!!!!!!!!!!!!!!

carlos cravo, professor, cidadão com os impostos em dia...

Mocho Falante disse...

ó amiga 130 dias é muito dia para um senhor que já tá reformado pelo Banco de Portugal

Se fossem gozar com....

Beijocas

António disse...

Tens alguma ligação a Massarelos?
Jinhos

AnaCristina disse...

Concordo plenamente contigo... e aqui do Alentejo também saem palavrões... Nem vou falar dos subsistemas de Saúde! Mas não acham que é, no mínimo, divertido ver um senhor que não paga impostos há cinco anos como Ministro das Finanças?
Nem sei porque me dou ao trabalho de descontar... Quanto menos descontar mais são as probabilidades de, um dia, ser Ministra da Educação!

Grilinha disse...

saltapocinhas eu concordo com o teu texto e o meu comentário foi para criticar as diferenças de tratamento que os beneficiários têm. Eu sei que a ADSE tb não serve porque o meu marido é beneficiário da Seg Social e da ADSE por dar aulas á noite e tem que optar por um dos sistemas mesmo descontando para os dois. Raramente opta pela ADSE (apenas estomatologia) porque a Seg Social não tem. O que eu critiquei foi o meu caso de ter descontado 28 anos e agora na hora da incapacidade ter ficado ano e meio sem recebr 1 cêntimo e ter que ser sustentada pelo meu marido porque ganha mais de 350 euros. A minha preocupação está no futuro dos que agora são trabalhadores activos e possivelmente não terão direito a reforma porque as instituições estão falidas devido á má gestão. O Sr. ministro das Finanças é umd os maus exemplos. Boa semana.