4 de maio de 2006

Não percebo nada de política!

Já disse algumas vezes que por aqui não se fala de política.
Mas às vezes tenho dúvidas (precisamente por não perceber patavina do assunto) e gosto de as compartilhar.

A mais nova dúvida tem a ver com os referendos:
para que servem?
quando se devem usar?

Por exemplo, um referendo ao aborto parece-me um disparate: porque se vai referendar um assunto do foro íntimo de cada um??
O governo faz a lei e cada um faz uso dela como for da sua consciência...

Por outro lado, ninguém fala num referendo à construção ou não de centrais nucleares.
E isso eu acho fundamental que seja o povo TODO a decidir porque é uma coisa que, a ser feita, vai afectar toda a gente!

Realmente estas subtilezas da política só para mentes brilhantes!!

9 comentários:

jorgesteves disse...

Sem entrar fundo na questão, a diferença entre o aborto e o nuclear é de... euromilhões!
jorgesteves

polittikus disse...

Apenas uma questão. O aborto é de facto do foro intímo de cada um, mas é a lei que o pode condenar ou não, logo é perec´vel de legislação. Viste o que se passou hoje com o secretário de estado e os professores????

miguel disse...

Pois, não te posso ajudar...
Beijos,
Miguel

sonia disse...

Pois é, a politica é só para alguns. eu também não sou das iluminadas. :)
beijinhos

SaltaPocinhas disse...

@@POLITIKUS: Para fazer leis temos um governo a quem pagamos... e bastante!!
Não vi o que aconteceu hoje...Cheguei agora ainda não vi/ouvi/li noticias!

LUA DE LOBOS disse...

A autora Maria de São Pedro, a Papiro Editora e a Fnac têm o prazer de convidar V.Exas. a estarem presentes para o lançamento do livro GATO PEDRA no dia 19 de Maio, pelas 19.00h na Fnac - Cascais Shopping.

PN disse...

A política é um jogo complexo...

Hindy disse...

Tens razão!

eco de mim disse...

eu gosto de referendos, adoro pôr cruzinhas em tudo, parece-me spr q estou a jogar no totoloto! ;)