28 de maio de 2006

TPC

Este fim-de-semana trouxe da escola os TPC do costume:
aulas para preparar
trabalhos para corrigir (resmas deles)
começar a recolher, em livros diversos, material para elaborar as fichas de avaliação final de três disciplinas

Até aqui, tudo como de costume...
Só que desta vez trouxe ainda um trabalho extra: impressos para preencher dos alunos que vão pedir subsídio escolar.
Preencher tais impressos não faz parte das minhas obrigações, mas eu preencho-os por uma razão muito simples: os pais dos meus alunos não os sabem preencher!
Aliás, alguns pais dos meus alunos não sabem preencher uma simples autorização para uma saída da escola: escrevem logo o nome deles onde deviam escrever o nome do filho, não põem a data, assinam fora do sítio...

____________________

Só cheguei a casa agora e peguei no jornal.
Leio, logo na primeira página, que os pais vão participar na avaliação dos professores (já tinha ouvido boatos, mas ainda não tinha lido nada de concreto).
E fico parva com tudo o que leio, cada disparate maior que o anterior, autênticas barbaridades de todos os lados: governo, sindicatos e associações de pais - que conseguem sempre ser os piores dos piores!!
Eu sempre fui de opinião que os professores devem ser avaliados, mas que o sejam por outros professores...
Agora os pais??
Por amor de Deus!

Pelo que li no DN essa avaliação vai ser feita através do preenchimento de um inquérito...
Estou mesmo a ver que os meus TPC vão aumentar... "A professora podia fazer o favor de me preencher este papel??"
"Claro, não me custa nada"

E agora adivinhem quem vai ser a professora "nota 10" cá do sítio?!!

12 comentários:

Emiéle disse...

Oh Saltapocinhas, tenho mesmo de ler o decreto, que me custa a aceitar aquilo que vou lendo... Deve haver uma má interpretação, só pode ser!
Tomaram os professores que os pais colaborassem na escola como deve ser, quanto mais... Agora imagino bem o que dirão as associações de pais! Pelas que conheço...(com certeza que também há "das outras", mas as que conheço não são flor que se cheire)
E uma pergunta inocente - os professores podem *classificar* os senhores das DRE (L;P;etc)?

SaltaPocinhas disse...

Também ainda não li mais nada para além do que vem no DN de hoje. Mas confesso que não estou muito descansada dada a incompetência dos sindicatos dos professores.
E a resposta à tua pergunta inocente é "não". E olha que se fartam de fazer asneiras e são prepotentes e arrogantes. Pelo menos os da DREC são mais papistas que o papa!

O Micróbio II disse...

Mais um tiro na água por parte do governo... mas de qualquer modo não deixem adormecer a avaliação de desempenho... de uma maneira objectiva essa avaliação teria de ser baseada numa conjugação de critérios entre "alunos e professores".

Didas disse...

Essa questão da avaliação dos funcionários públicos tem dado origem às maiores anedotas e às maiores injustiças. Descansa que não é só com os professores! É mesmo a ineficácia de quem gere o sector público sem saber o que faz.

SaltaPocinhas disse...

Micróbio, eu faço parte do grupo que sempre achou que os professores devem ser avaliados, até porque me custa muito ver pessoas que não fazem nada a ganhar tanto ou mais que eu, que faço o meu trabalho honestamente (também não sou daquelas que abdicam de tudo, até da família para se dedicarem à escola como se fosse um sacerdócio!)E somos avaliadas, só que apenas por auto-valiação e por créditos que se obtêm frequentando acções de formação.

Didas acredito que não seja sõ connosco mas isso não me descansa nada...Noutros serviços até talvez seja mais fácil saber quem trabalha e quem não trabalha. No nosso uma professora pode ser excelente e nao obter resultados positivos e outra professora medíocre tem bons resultados porque os meninos são ricos e até andam em explicações e lá vão passando de ano. Pode ser que no vosso caso tenha de ser o publico a avalaira-vos! Tu estás bem: chamas o velhote que uma vez queria criar um mail e tu não lho criaste!!Vais ter negativa, ele vai dizer o piorio de ti, ihihihih

morfeu disse...

...já agora e, aproveitando a "embalagem" bora lá a avaliar os desputados....
Nós professores, teremos de ter a pachorra de agarrar no estatuto da carreira docente e fazer a respectiva análise, para depois não dizermos que somos vítimas...os sindicatos fazem e não fazem, mas para além deles quem mais se importa? O que me doi no meio disto tudo é desconfiar que toda esta agitação em torno da educação parece mais dependente de intenções economicistas do que propriamente intenções pedagógicas...mas enfim, vamos lá enfrentar o touro pelos...
Um abraço
Morfeu e obrigado pela não classificação...

Hindy disse...

Ainda ontem ouvi isso nas notícias e não queria acreditar! O nosso M.E. lembra-se de cada uma!

Assobio disse...

São ideias peregrinas!
Defendo que os profs sejam avaliados, mas por quem tenha competência técnica, científica e pedagógica para o fazer; que eu saiba, os pais não reunem estes atributos.

jorgesteves disse...

Mas a verdade é que este governo continua a ter mais de 40% nas intenções de voto!...
Daí...

amizade,
jorgesteves

aflores disse...

Não concordo com a referida avaliação aos professores feita pelos "papás". Que tal avaliação aos paizinhos????....é que alguns bem merecem....ser chumbados:):)

polittikus disse...

è complicado, muito complicado dar aulas assim.... PS- Como é que os teus alunos poderam ser exemplares se os próprios pais falham....

IsaMar disse...

É um grande absurdo....é incrivel...ao nível que chegamos...
Tiramos um curso para sermos agora avaliados pelos pais.

incrivel